segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

20 anos de Backstreet Boys

Negar para quê??
Sim, eu a-do-ra-va os Backstreet Boys. Adorava comprar a revista Super Pop e outras que tal, e levar as tardes de quarta e sexta-feira a devorá-las. E se falhasse alguma compra não seria a que tivesse algum póster dos meninos bonitos daquela época. Não!
E é também nestas pequenas coisas que notamos que o tempo não pára e que sem dar conta já passaram quase 20 anos desde esses descontraídos tempos.



Este grupo da minha adolescência completa agora 20 anos ( eu descobri-os um pouquinho  mais tarde, mas descobri (também era difícil que isso não acontecesse)). 20 anos desde que se juntaram e desde que lançaram o álbum de estreia Backstreet Boys, aquele que os levou para a ribalta.
São muitas as músicas conhecidas dançadas a rigor com as coreografias da banda (ainda me lembro de alguns passos).
A cada música uma recordação....muitas, a começar pelas tardes deliciosas na companhia das melhores amigas daquela época (tantas saudades). A descoberta dos primeiros amores, o cheirinho a doces da lojinha da esquina, saborear um gelado enquanto ouvia " Quit playing  games With my heart", pedir à amiga Sara, que tinha vivido na América e por isso sabia bem o inglês, que nos escrevesse a letra das músicas num papel....

Enfim.
20 anos.
Que fazer?
Continuar a desfrutar e a viver intensamente.
Esperar que dentro de outros 20, tenha a sorte de poder contar com muitas outras felizes memórias e quem sabe voltar a criar memórias de adolescência partilhando a do meu filho.

Aos meninos bonitos daqueles dias...e destes: Happy Birthday.


Fontes :
Texto : SandraPereira
Video : youtube

Buergbrennen = Despedir o Inverno

Curiosidade

Fête de Buergbrennen é o mesmo que dizer: despedir o Inverno.
No primeiro Domingo a seguir ao Carnaval é tradição aqui no Luxemburgo fazer uma festa cujo mote tem como objectivo despedir o Inverno e preparar a recepção da Primavera.

Como?
Em certas localidades acende-se uma fogueira com uma cruz de madeira no meio e queima-se tudo enquanto os foliões desfrutam em grupos ao seu redor.

Se faz efeito??
Isso já é outra conversa dado que foi então ontem o dia de dizer Adeus Inverno até para o ano, mas a verdade  é que hoje acordámos com um bonito nevão!!!



Fontes :
Texto : SandraPereira
Video: youtube

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Lixo doméstico no Luxemburgo

À partida pensam: lixo? Mas isso é um tema básico que não merece post. Lixo é lixo. Ponto.

Mas aqui no Luxemburgo, a coisa não é assim tão linear como parece, pelo menos para nós habitantes da península ibérica, onde o processo é: lixo doméstico e reciclagem cada um em seu caixote, dos muitos espalhados pelas ruas em ambos países.

Aqui não funciona assim. É algo mais selecto, mais elegante, digamos.

Lixo Doméstico:
Cada prédio possui uma divisão, normalmente no piso térreo ou sub-térreo com ou sem acesso directo à  rua, nomeada de "poubelle" constituída por 4 paredes e cuja decoração consiste no número de caixotes de lixo individuais igual ao número de famílias/casas do prédio.
Já as casas individuais actuam ao seu critério  e gosto pessoal.
Ao largo da semana toda a produção  de lixo doméstico é colocada no caixote de lixo correspondente, e dependendo da zona, no nosso caso é na noite de Domingo, é colocado na rua ( responsabilidade  de cada proprietário ) para durante a manhã de Segunda-feira ser esvaziado pela entidade correspondente, tendo ao final do dia quando muito no dia a seguir (sob pena de a câmara proceder à recolha do caixote(facto vivido por um conhecido)), levá-lo de novo à base=poubelle.

Lixo reciclável:
Esta é a parte do tema que para mim me custou um pouco mais a ambientar devido aos hábitos a que vinha acostumada da nossa península ibérica.
Aqui funciona mesmo muito diferente.

Península ibérica:
3 tipos de reciclagem 
Caixote azul: todo o tipo de papel e cartão
☆Caixote amarelo: plástico e metal
☆Caixote verde: vidro

Luxemburgo:
Aqui não existem esses três coloridos caixotes. À semelhança  do lixo doméstico este é feito da mesma forma. Colocado ao longo de duas semanas  dentro do saco azul ( sacos distribuidos gratuitamente  pela câmara com este propósito  final ) para depois a cada 15 dias ser colocado na rua para posterior recolha pela entidade competente.
Dentro  do saco azul referido atrás ( E tem que ser obrigatoriamente dentro deste saco, caso contrário o lixo não é recolhido) vai uma mistura de tipos de materiais diferentes: papel, cartão, metal e plástico. Mas atenção, com critérios. Sim, não é todo o papel, nem todo o plástico, nem todo o metal...Enfim. Um pouco para nos complicar a vida, a nós que temos que nos habituar a algo já anteriormente  adquirido de uma forma. Contudo  nada que não seja possível  a curto prazo...

E depois está todo o outro tipo de lixo reciclável  ou não, que também tem datas (e preços ) específicos para serem recolhidos!!

Vantagens:
Sinceramente não encontro nenhumas dado que para mim são tudo:

Desvantagens:
☆Não te podes descuidar, produzindo demasiado lixo, pois podes correr o risco do mesmo não te caber no caixote.
E depois, que fazer?? Dado que não se pode deixar nenhum saco no chão /fora dos caixotes, pois não são recolhidos, as hipóteses são poucas: ou se deixa o lixo nalgum caixote de algum vizinho ( às escondidas, ou então pedindo por favor) ou se guarda para a próxima semana.

☆Para lavar o referido caixote do lixo, para eliminar maus cheiros é toda uma epopeia!! Sem água comum no prédio, só resta mesmo andar com um baldinho com água e uma vassoura atrás o que é de todo imprático.

☆Ter que andar com o caixote do lixo para cima e para baixo todas as semanas não é propriamente uma forma de fazer desporto. Chateia! Mas também é uma questão de hábito.

☆A parte mais chata é mesmo o que fazer ao lixo que temos em casa, quando o caixote da poubelle está lotado?? E acreditem, aqui na minha casa isso acontece muitas vezes!!!

☆ Quanto ao lixo reciclável esse então é só desvantagens. Que fazer às  caixas, caixinhas e caixotes que entram cá em casa???
E porquê reciclar no saco azul frascos de plástico,  por exemplo o champô  e não o de manteiga?
Ou porquê reciclar garrafas de plástico e os copos de plástico não? ??
Ou ainda porquê  reciclar embalagens de cartão  mas caixas e papel já seja simples ou de publicidade não??

Pergunto então ingenuamente:
Somos nós na Península ibérica que somos mais inteligentes ou são os outros??



Fontes :
Texto e Fotos : Sandra Pereira

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Délice Art Café Nutella

Não é só Paris que tem destaque no nosso dia dos namorados.
Nutella é outra das coisas boas da vida, da nossa vida...e dos nossos dias! E quando é personalizada sabe ainda melhor. Eu gosto, mas o meu amor GOSTA, por isso aqui em casa há sempre um pote ou mais, dela.

E aos fins-de-semana é tempo de abusar dela.
De mil formas.
À colher;
Com os dedos;
No pão;
Em waffles, crepes ou panquecas;
Entre beijos;
E porque nao num "Délicie Art Café", Delta claro :)




Fontes :
Texto e Fotos : Sandra Pereira

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Feliz dia dos namorados

Sempre teremos Paris...

No fim de semana passado adiantámos a data oficial do calendário e fomos namorar até à cidade do amor. Porque a diferença de preços entre o anterior e este, para usufruir exactamente das mesmas coisas, é abismal e porque, dia dos namorados, apesar de haver uma data no calendário, é todos os dias, para quem ama, claro.

Não fomos só namorar e passear. Fomos lá deixar a pegada do nosso amor. Ou melhor dizendo, fomos lá deixar o nosso cadeado do amor. Cerrado à chave e atiradas ambas ( a original e a cópia desta ) ao rio. E com a esperança que um peixe emigrante (à nossa semelhança) a tenha engolido e levado consigo para um destino longínquo  e desconhecido afundando assim qualquer mínima possibilidade de abrir o dito cadeado e estragar um amor tão lindo.



A verdade é que eu sou apaixonada, para além do meu namorado, por Paris. E não sendo necessária nenhuma, qualquer desculpa serve para dar um pulinho até à cidade do amor.

Passear na famosa Champs Elysées é algo singular.
Descansar o olhar na Torre Eiffel é um regalo sublime para os olhos e para a mente.
Roubar um beijo ao amor da nossa vida nas margens do Sena é delicioso e não tem preço.

Paris é simplesmente tão Ela. Tão sublime. Tão elegante. Tão apaixonante. Tão entránhavel, charmosa....
E já deixa saudades.
Mas está já ali. A um passinho. Tão perto e tão fácil e chegar.
Paris a minha cidade do coração.



FELIZ DIA DOS NAMORADOS💚

Fontes :
Texto e Fotos : Sandra Pereira

domingo, 1 de fevereiro de 2015

LIICHTMESSDAG

CURIOSIDADE: Liichtmëssdag  (Candelária)

No dia 2 de Fevereiro, dia de Saint Blaise, as crianças luxemburguesas comemoram o dia Liichtmëssdag  (Candelária ). Ainda que possa eventualmente calhar na mesma altura do Carnaval, as comemorações não tem nada a ver com este último, sendo que se trata de comemorações  independentes uma da outra.
Nesta data, 2 de Fevereiro, as crianças vão liichten, celebrar a luz. Munidas de Liichtebengelcher, pequenas lanternas, mais ou menos elaboradas, comercializadas ou feitas pelas próprias crianças, elas vão de casa em casa desejando saúde e felicidade recebendo em troca o que mais gostam: doces 😊.



Fontes :
Texto: SandraPereira
Foto : Google images
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...