sexta-feira, 15 de março de 2013

Imprevistos.

Não há nada a fazer.

Contra os imprevistos da vida, nem pouco, nem muito, simplesmente não há nada a fazer!
E este, é a duras penas que o digo, é um dos acontecimentos, com o qual  mantenho uma relação amor-ódio.
Atenção, que este tipo de  relação, seja ela com o quê ou quem, mantenho-a muito, ou pelo menos ultimamente temos tido uns laços que nos unem (queria eu não ter), demasiado fortes. Vinculados demais para poder ter algum tipo de atitude contraditória... Não há escapatória possivel. Ou decides viver uma das relações, ou o amor, ou o ódio, ou então terás que aprender a viver com as duas.
E sim, é possível ter um ralacionamento amoroso com o amor-ódio. Neste momento, estamos in Love!!!

Como  diria a minha avó: Ai Vá-lha-me Deus!!


Fontes:
Texto: Sandra Pereira
Fotos: Google Images

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...