sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Shakira Cantora Solidária



"A colombiana Shakira foi a personalidade escolhida para protagonizar o célebre anúncio de Natal da famosa marca de vinho espumante espanhola, Freixenet. Em troca, a empresa comprometeu-se a doar meio milhão de euros à fundação da cantora, Piez Descalzos, com o objectivo de ajudar na construção de escolas para crianças pobres, nomeadamente uma escola no Haiti e outra na Colômbia. Mais uma vez, Shakira e a sua fundação mostram a sua boa vontade e generosidade, ao proporcionarem educação e sustento a mais de seis mil crianças desfavorecidas. "

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

LATERAL

"Lateral representa un concepto único y exclusivo en la oferta gastronómica de Madrid.

Su propuesta consiste en una selecta variedad de pinchos y raciones en la que se fusionan recetas
tradicionales y creaciones vanguardistas elaboradas con productos de excelente calidad,
para degustar en el distinguido ambiente y privilegiado entorno en el que se ubican sus cinco locales."




Nada mais nada menos que o "restaurante" onde quero levar-vos, amigos. 
Além de se comer bem, "pinchos" é verdade, mas bem, também se paga pouco. 
É um local agradável, com boa comida, onde apenas encontro um defeito além do barulho absurdo dos espanhóis, ao qual se pode dizer que já estou ambientalizada, o pouco espaço que existe entre as mesas, provocando assim, por vezes, dependendo do local onde nos sentemos, uma falta de intimidade extremista, não deixando de todo de existir "en algun que otro rincón".

Já tive oportunidade de conhecer duas das suas cinco casas, expostas aqui por Madrid, e deixem-me dizer que irei conhecer as outras três em menos de nada :)) e espero que se decidam por vir quanto antes, assim, mesmo sem necessitar, será uma "excusa más" para degustar otros "pinchos" que ainda não tive oportunidade de provar:)

Bon Apétit!

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Jovens Fuziladas na Somália

"Duas raparigas foram fuziladas na Somália por um grupo radical islâmico. A população da cidade de Beledweyne foi convocada para assistir a uma punição pública, mas ninguém sabia que se tratava de duas jovens raparigas.
De acordo com a Associated Press, Ayan Mohamed Jama, de 18 anos, e Huriyo Ibrahim, de 15, foram executadas com os olhos vendados e as mãos atadas, depois de acusadas de espionagem. O jornal britânico The Guardian refere testemunhas, segundo as quais as jovens terão sido executadas sem qualquer tipo de provas, nem direito a defesa.
Augustine Mahiga, secretário-geral da ONU para a Somália classificou este acto como “horrível”, demonstrando “o completo desrespeito dos extremistas pela vida humana”.
A mim parece-me uma barbaridade, totalmente inaceitável e completamente imperdoável que estas coisas sejam aceites na sociedade em que vivemos. Uma coisa é eles terem lá a região e os costumes deles, outra coisa completamente distinta, é que ninguém tem o poder de tirar a vida a ninguém. O que mais me incomoda é que não há uma vivalma que ponha freno a isto. É  impensável aceitar esta monstruosidade, pelo que no mínimo, o que poderei fazer é contribuir para que estas coisas se saibam, até que um dia esta aberração, seja totalmente extinguida da face da terra.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

FLIRT...

Flirt: ao que parece todos sabemos os passos desta dança erotizada, mas podemos aperfeiçoar a performance.
Por Júlia Serrão
















O flirt em 10 lições
Por Rita Craveiro Gonçalves, sócia-gerente do Espaço Segredos, direccionado para cursos sobre sensualidade e sedução:
1. Não se entregue, mas viva intensamente o momento
2. Não se disponibilize a contar a sua vida. No flirt não há compromissos – o que vem depois, é para depois
3. Invista na linguagem não verbal, nos gestos e no movimento do corpo, certificando-se que explora os mais importantes
4. Dos cinco sentidos, são mais relevantes a visão e o tacto. Por isso seduza-o com o olhar e um toque ousado
5. Aposte no papel de sedutor: é importante saber sê-lo
6. Se começar por ser seduzida, então saiba jogar, retribuindo com entrega e empenho
7. É importante não prever as horas a seguir, mas perceber que o que se vai desenhar para a frente depende desse investimento
8. Para flirtar com nota máxima é preciso estratégia. Monte a sua
9. Certifique-se de que está bem consigo própria. O flirt não é para ganhar miminhos
10. Mantenha a mente aberta, não esteja com romantismos


Quando há meses uma amiga me confessava que o olhar dos outros (e leia-se dos homens) a fazia sentir-se viva, não pude deixar de lhe invejar o despudor com que sintetizava uma necessidade que toda a gente tem, mas que poucos assumem ter: a de ser flirtada. E a de flirtar. Porque nestas coisas não interessa quem toma a iniciativa, a não ser para os ‘caçadores profissionais’ que gostam de estar no comando, mas torna-se mais interessante quando existe reciprocidade, tornando-se um jogo a cada passo mais intenso. Pode demorar horas, até que um dos jogadores ‘denuncie’ o cansaço.


Gostar de flirtar
Madalena admite gostar do flirt. Outros escondem. Também há os que desconhecem o seu poder de flirtar (mas quando o descobrem nada fica como era!). E outros, cujos valores morais não deixam soltar as asas do desejo. Mas, no final, toda a gente flirta. Flirtam os solteiros. E os casados também. E flirtam porque isso faz parte da natureza humana. Afinal, treinamos a sedução desde pequenos, quando tentamos conquistar a mãe e o pai e trazê-los para o nosso lado. É verdade que este tipo de canto e encanto ainda não tem a componente erótica, mas já é sedução. “Flirtamos por uma necessidade que serve para combater as nossas maiores dúvidas em relação a nós próprios”, explica o psicólogo clínico e psicoterapeuta Alexandre Nunes de Albuquerque. Inseguras porque não são suficientemente boas (e/ou reconhecidas) na vida amorosa ou na profissional, muitas pessoas tentam compensar essa falha com uma crescente necessidade de flirtar, esclarece ainda. O homem, pela sua própria natureza, “é mais necessitado de investimentos narcísicos externos, mas em geral todos temos essa necessidade”.


Sinal verde
Por uma questão que se prende directamente com a nossa auto-estima, somos caçadores. E, simultaneamente, presas de um jogo feito de insinuações, de avanços e recuos. Flirtar é um jogo de tapa e destapa, cheio de estratégias de sedução erotizada. “O flirt é seduzir de forma erotizada, se não houver erotização não há flirt.” Apesar de também poder ser exercitado através das palavras, o psicólogo clínico defende que estas “também têm muito peso” – o flirt é uma linguagem essencialmente não verbal. Flirtar é uma dança, está carregada de gestos, olhares intensos e movimentos de corpo. A mulher deixa descobrir o pescoço afastando o cabelo, pestaneja, e levanta levemente a sobrancelha, pode cruzar e descruzar as pernas... às vezes ruboriza. O homem mantém o corpo aberto, exibe a caixa torácica, em posição de ataque. Segundo os cientistas, são tudo formas de dizer ‘estou preparada(o) para um relacionamento físico, estou disponível’. É uma janela de oportunidade que se abre, como defende Perper. “Não é sim, nem não”, explica o cientista norte-americano, mas a possibilidade de ser qualquer coisa sem qualquer tipo de comprometimento. Mas, afinal, o que queremos com o flirt? Jogar apenas, sem consequências? Alimentar a nossa auto-estima? As teorias dividem-se. É claro que toda a gente já ouviu falar dos D. Juan, uma espécie rara de homens viciada em jogos de sedução, a quem interessa apenas o jogo e a sua estratégia.


Objectivo: a cópula “Há personalidades que necessitam de flirtar, e flirtar às vezes é sentirem que ainda são objectos de desejo, provocando ou imaginando que provocam desejo no outro.” Normalmente, o flirt tem sempre um objectivo concreto que é o relacionamento com o outro, com o objecto de sedução, garante Alexandre Nunes de Albuquerque. “Procura uma completude. O flirt tem o objectivo de concluir, ter um resultado. O que depois temos é o peso da ética, da moral, que nos coloca vários níveis de travão.” O flirt começa de uma forma filogenética, segundo o especialista: “Firtamos, vemos eroticamente o outro, para chegar à cópula. É assim com os animais, é assim connosco. É uma coisa física.” Mas como nem sempre conseguimos isso, diz, o flirt acaba por ser uma espécie de teste à nossa fantasia de controlo do ‘objecto’. “Como começa a ser um teste começa a ter um valor narcísico.”
NOTA IMPORTANTE: Texto sacado do blog da Máxima
 

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Patrick Swayze & Jennifer Grey - The Time of My Life (Dirty Dancing)

The Time Of My Life

Amo, amo, amo amo, amo demais...
Os sentimentos sempre são os mesmos, cada vez que revejo este vídeo-clip, ou simplesmente ouço esta música.

Amigos que tenham bem presente na vossa mente que esta vai ser a base do meu casamento, ou não adorasse eu a música e dança...

Depois não digam que eu não avisei ;))

Beijocas para todos

Estado de "Graça"

Li algures e como concordo, deixo aqui a sua marca.

A primeira seta de Cupido é a “responsável” pelo estado alterado de consciência que fica registado na memória (pelo efeito de primazia). Sete efeitos que registamos com mais frequência, dos “verdes amores”:

1. Arrebatamento

2. Idealização

3. Desejo de fusão

4. Sentimentalismo

5. Dramatismo

6. Magnanimidade

7. Hipersensibilidade

Desfile Mango Verão 2011-Madrid

É já esta noite, em Madrid, o desfile da Mango com a colecção para a Primavera/Verão 2011.
Este desfile vai ser transmitido em directo na página da marca no Facebook em http://www.facebook.com/mango.com para que todas as fãs possam conhecer em primeira mão as tendências da próxima estação, em variadas partes do mundo. A Galeria de Cristal do Palácio de Cibeles vai receber uma série de convidados e algumas caras bem conhecidas para o desfile de uma das marcas espanholas mais internacionais. 

Amo-te..

  1. Amo-te porque me fazes sorrir;
  2. Amo-te porque me proteges;
  3. Amo-te porque os teus olhos brilham quando me olham;
  4. Amo-te pela forma como me abraças;
  5. Amo-te porque brincas comigo;
  6. Amo-te porque és o meu melhor amigo;
  7. Amo-te porque ficas ao meu lado quando tenho pesadelos;
  8. Amo-te porque me ligas quando menos espero;
  9. Amo-te porque ainda sabes como me beijar;
  10. Amo-te porque me amas como sou!

domingo, 14 de novembro de 2010

Transformando el Amor

Aquella noche comenzó su transformación. Hecho un flan se rasuraba el cuerpo mientras pensaba que debía haber formas mejores de depilarse sin montar esa escabechina. Eliminó hasta el último vello, se embadurnó de crema y se puso la ropa, primero la interior, después falda, camisa… Se maquilló como pudo, se colocó el pelucón y se miró en el espejo. Iba hecho un adefesio pero debía continuar. No lo hacía por sentirse preso en un cuerpo equivocado, ni por disfrutar de una doble identidad. Desde que supo que ella salía con una mujer estaba dispuesto a todo para no perderla.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

HOJE LI...



"O desejo pinta e some. A paixão explode. Já o amor é um desejo que se aprofundou e uma vivência intermitente da paixão."

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Hoje Li...




 "Há quem se ria de mim, por ser diferente... Eu rio-me deles, por serem todos iguais"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...